Balão Intragástrico

Esta é uma técnica simples e bastante segura, e permite realçar a mucosa de diferentes órgãos do corpo.
Balão-intragástrico-entenda-como-funciona__blog-1030x423

Balão Intragástrico

Sobre o tratamento

O balão intragástrico é feito de silicone em formato parecido com uma bola, ele é muito resistente, feito para suportar o hostil ambiente do estômago por mais de 6 meses. O balão é maleável, preenchido por soro fisiológico e um corante azul metileno e projetado para ser preenchido dentro do estômago, através de uma endoscopia em questão de minutos, portanto, não é um procedimento cirúrgico e é feito através de uma endoscopia.

Por não ser cirúrgico, ele é praticado em caráter ambulatorial, sem necessidade de internação hospitalar, tanto sua colocação como sua retirada, de acordo como o médico achar melhor.

A principal função do balão vem da mudança da saciedade sentido pelo seu portador durante o tratamento, e pelas alterações hormonais e psicológicas que ocorrem, especialmente nos três primeiros meses, onde ocorre de mais 70 % do seu efeito. Logo daí a obstrução espacial do estômago começa a ser mais importante do que os outros efeitos.

balao intragastrico

Quais são os tipos de balão intragástrico?

São vários modelos balões diferentes. No entanto, no Brasil são são comercializados apenas alguns. Alguns dos balões são os que tem o conteúdo preenchido por liquido e também que são preenchidos com ar, que não são usados no Brasil.

Entre os líquidos, temos o balão regular que é utilizado por 6 meses no estômago, e também temos o balão ajustável que pode ficar por até 1 ano e ser ajustado através de uma endoscopia conforme a necessário. Existe também o balão que pode ficar 1 ano mas não pode ser ajustável, porém ainda não chegou ao Brasil. Então, de acordo com o caso ou perfil do paciente o médico decide o melhor balão para o tratamento.

Quais são as vantagens?

Pela fácil forma de introdução, existem algumas vantagens em relação a outros tratamentos:

  • O balão é feito de forma ambulatorial através de uma simples endoscopia, sem necessidade de internação.
  • Não é um método cirúrgico, portando não invasivo e com o mínimo de efeitos adversos.
  • É um método completamente reversível e transitório. Podendo ser interrompido no momento que desejar.
  • Você sempre poderá repetir quantas vezes desejar, caso não chegue no resultado completamente desejado ou caso tenha problemas com o reganho de peso.
  • Tem uma boa perda de peso. Com a média nacional de 20% do peso total da pessoa.
  • É um método seguro, com baixo risco de complicações.

Pra quem é indicado o tratamento?

Todas as pessoas que não tenham contraindicações formais. Não existe ao certo uma idade mínima ou máxima que impeça o procedimento. Porém é sabido que boa parte do público adolescente tenha uma baixa taxa de sucesso por características hormonais e comportamentais dessa faixa de idade.

Além disso, quando se tem menos de 16 anos, a indicação deve partir de um pediatra e um endocrinologista. Para isso também deve-se contar com consultar com o psicólogo.
Para pessoas com idade mais avançada, a tendencia é de um resultado melhor. No entanto devido ao metabolismo mais lento e baixo nível de massa magra, o tratamento pode ser mais difícil.
Existe um público que tem um benefício maior com o tratamento do balão intragástrico. São aqueles que tem a necessidade de perder uma quantidade grande de peso, mas que não conseguem com dieta e exercício apenas e que não teriam a necessidade de uma cirurgia bariátrica.

Existem contraindicações?

Existem contraindicações para quem já passou por operações que impedem o uso do balão, por isso a avaliação total do médico é mais do que necessária antes de indicar a colocação do balão. Também tem a possibilidade de o próprio estômago do paciente não ter a condição ideal para a colocação. Confira a seguir alguma delas:

  • A ulcera ativa pode ser tratada antes da implantação do balão.
  • Hérnia diagragmática hiatal maior do que 5cm
  • Caso você tenha operado seu estômago por qualquer motivo.

Quais são as estimativas de perda de peso?

De acordo com I |Consenso Brasileiro de Balão Intragástrico, o paciente pode perder em média em torno de 20% do peso total, caso tenha seguido todo o tratamento a risca. Em certos casos pode-se perder até 30%.

Agende uma consulta

Compartilhar nas redes

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Agende seu horário

Deixe seus dados e uma data disponível para agendamento que a nossa equipe entrará em contato para confirmar uma avaliação.